Vernizes

vernizes

Os vernizes são essenciais para a proteção das pinturas a óleo concluídas, e inserem-se em duas categorias básicas: de retoque e de acabamento.

Verniz de retoque

O verniz de retoque pode ser utilizado como verniz temporário, para conferir uma proteção a pinturas a óleo recentemente concluídas.

Deve deixar-se secar as pinturas o máximo de tempo possível (pelo menos um mês) antes de aplicar o verniz de retoque. O verniz de retoque não necessita ser removido antes de ser aplicado um verniz de acabamento.

As pinturas a que tenha sido aplicado verniz de retoque não deixam de necessitar de um período de secagem apropriado antes da aplicação do verniz de acabamento ou final (mínimo de seis meses para películas de tinta menos espessas, um período mais longo para películas mais densas).

Verniz de acabamento ou final

Em geral, o verniz de acabamento ideal deveria:
• Ser claro e resistente ao amarelecimento
• Proporcionar proteção contra a poeira
• Conferir uma luminosidade uniforme à superfície da pintura, e:
• Ser facilmente removível, ou reversível, se a pintura precisar de restauração ou remoção de verniz sujo.

Deve deixar-se secar completamente uma pintura a óleo antes de aplicar um verniz de acabamento. Uma pintura com uma camada de tinta fina secará em seis meses, enquanto que uma pintura de empastamento necessitará de mais tempo para secar.

Se as pinturas forem envernizadas muito cedo, um ou mais dos problemas seguintes pode ocorrer:
• O verniz torna-se pegajoso e não seca
• O verniz pode penetrar na película de tinta e tornar a cor sensível ao solvente
• A película de verniz pode craquelar.

Métodos de aplicação
Os vernizes podem ser aplicados com pincel ou com um aerosol.

A seguir apresenta-se uma lista das qualidades que podem esperar-se de cada um deles:

Verniz de Damar (Dammar Varnish): É o verniz de alto brilho tradicional. Requer um solvente forte, tal como a terebintina, para diluição, e por isso deve ser manuseado com os devidos cuidados.

Verniz Brilhante (Artists’ Gloss Varnish): É o verniz final mais usado e oferece uma proteção com um certo brilho.

Verniz Final Matt (Matt Varnish): Um verniz final porém de reflexo Mate.

Verniz de Cera (Wax Varnish): Oferece o acabamento mais fosco e pode ser sempre removido.

Vernizes em Aerosol: A gama de vernizes em aerosol inclui uma série formulada para garantir grande transparência, não amarelecimento e possibilidade de ser removível.

Os vernizes disponíveis em aerossol são:
• Artists’ Picture Varnish (Brilhante, Acetinado [Semi-mate] e Mate).
• Verniz de Retoque (Artists’ Retouching Varnish).

Estes produtos apresentam a qualidade e as vantagens dos vernizes categoria artistas para óleos, alquídicos e acrílicos, mas com a conveniência acrescida de um aerosol.

Existe igualmente um Fixador para Artistas (Artists’ Fixative) de excelente qualidade, para uso com pastéis, grafite e carvão vegetal.

Compre no Fruto de Arte

Artigos Relacionados

29 Comments:

  1. Boa noite Caro!!!!
    Sei da importância da utilização do verniz, porém aplico-o com muito receio, há pouco tempo tenho aprofundado os estudos sobre o assunto com os videos explicativos do Sr Caetano Ferrari postados pela loja Fruto de Arte, aos quais aprecio imensamente. Mas quanto ao verniz de retoque em spray, é seguro aplicá-lo sobre pinturas espatuladas com tinta espessa após 90 dias ou não? abraços

    • Olá Jones.
      Em essência o verniz a retoucher quer em fórmula líquida ou em spray tem as seguintes características:
      Trata-se de um verniz chamado de provisório pela sua formulação em relação aos vernizes finais.
      Nos vernizes finais, a quantidade de materiais sólidos (hoje normalmente resinas acrílicas solúveis em solventes tipo “white spirit) tem quantidade diferenciada ao verniz de retoque.
      O verniz de retoque é formulado com menor quantidade de sólidos, permitindo o “respiro” da película de pintura, podendo ser aplicado em um período menor após o termino da pintura.
      Assim de principio, uma camada de pintura normal leva cerca de um ano até a possibilidade de aplicação de um verniz final.
      Já o verniz de retoque não exige mais do que uma fração de tempo.
      Como o verniz de retoque permite a oxigenação da camada pictórica o procedimento de secagem da matéria não difere drasticamente em relação ao tempo.
      É de se esperar que a aplicação do spray de retoque em uma camada espessa de tinta continue a permitir a obtenção de oxigênio mas as características da secagem em profundidade seguem demoradas mas sem outro prejuízo.
      É de se notar que a aplicação do verniz de retoque seja entendido como uma aplicação de uma demão.
      Mais de uma camada pode somar a quantidade de resina e dificultar o “respiro” da pintura.

      Esperamos ter ajudado.

      Qualquer dúvida volte a nos comunicar.

      Obrigado.

  2. Saudações!!!

    Realmente o assunto verniz, deixa-me “intrigado”!!! Para pinturas com tinta espessa, posso aplicar o verniz final depois de um ano? é seguro? as marcas nacionais são de boa qualidade? grato!!!

    • Olá Jones.
      A questão do Verniz Final (para ser aplicado só a partir de um ano) em pinturas a óleo espessas é bastante relativa:

      A secagem dessas materias mais espessas aborda vários segmentos:
      1-) A espessura em sí da camada pictórica.
      2-) As temperaturas variaveis no prazo mínimo de um ano (ou mais)
      3-) O emprego de tintas com pigmentos variados, mais ou menos catalizadores de oxigênio.
      4-) O emprego durante a pintura de “mediuns” alquidicos que favorecem uma secagem mais rápida.

      Se assim mesmo a dúvida persiste, resta uma pergunta:
      É mesmo necessária a utilização de um verniz final?

  3. Olá Caetano Ferrari,
    Tive um pequeno acidente com uma tela e acabou riscando, ela já estava com verniz de retoque da winsor & Newton, posso pintar por cima do verniz para consertar o riscos? Ou terei que remover verniz? Qual o melhor removedor de verniz de retoque?
    A tela tem uns 6 meses pintada e passei o verniz faz um mês.
    Desde já obrigada.

  4. Bom dia, Caetano. Tudo bem?
    Tenho uma dúvida sobre verniz, pintei uma tela à óleo, apesar de deixar um tempo secando, mais não completamente apliquei o verniz. Pois era uma encomenda. Nesse caso, na própria pintura (tinta) utilizei óleo secante, mas acho que reagiu com o verniz e ficou mais parecido com uma cola do que com o verniz em si.
    Então, nesse caso, retirei a camada de verniz superficial da tela, que parecia cola. Não alterou a pintura, e após 15 dias, tempo de secagem do solvente em reação com o pigmento, apliquei novamente o verniz spray, que acredito ter uma melhor oxigenação e um secagem melhor. Porém ainda, após 2 anos, existem pontos na pintura (tela) que ainda parece uma cola… já melhorou, mas ainda não completamente.
    Você sabe o que aconteceu? Poderia me auxiliar nesse assunto?
    Obrigado por enquanto.

    • Olá Maurício.
      Precisaria de algumas informações para poder tentar lhe orientar melhor.
      1 – O VERNIZ INICIAL, JÁ RETIRADO, PODE ESPECIFICAR MARCA E TIPO?
      2 – O VERNIZ SPRAY, DA ÚLTIMA APLICAÇÃO, PODE ESPECIFICAR MARCA E TIPO?

      • Olá, Caetano. Tudo bem?
        O verniz inicial que utilizei foi o VERNIZ FIXADOR ACRILFIX ACRILEX
        e o segundo verniz, seria o ARTISTS’ CLEAR PICTURE VARNISH – VERNIZ ARTÍSTICO – 400ML – EM SPRAY.

        • Caro Maurício,

          Levando em consideração que no seu relato você conseguiu retirar o verniz inicial, isso já é uma proeza pois a retirada de verniz é aleatória podendo trazer resultados danosos à camada de pintura, que segundo você, não se alterou.
          Isso leva a crer que o filme de pintura estava seco.

          Na sua segunda tentativa você se depara com o mesmo problema de pontos indesejados.
          Já que você conseguiu retirar a camada anterior de verniz sugiro que repita a operação outra vez.

          Deixando a pintura sem verniz, recomendo deixa-la por um tempo sem proteção e, aproveitando o período, pode até deixar a tela AO SOL (vigiando a mudança de tempo com chuva). O pintor flamengo RUBENS já aconselhava os adquirentes de suas obras a proceder essa intervenção.

          Passado um certo tempo de aferição de secagem você pode aplicar, para se prevenir, um verniz provisório (em spray ou ao pincel) designado VERNIZ A RETOUCHER.
          Trata-se de um verniz leve que deixa a pintura respirar.

          Após um bom tempo você, querendo, pode aplicar um VERNIZ A TABLEAUX, esse definitivo.

  5. olá.
    trabalho com acrílico sobre telas ou painéis de madeira.
    devido ao uso de camadas finas de tinta e de lápis posca sobre a tinta. percebo uma perda na saturação das cores. pensando em recuperar a vivacidade perdida no processo, além da proteção contra poeira, passei a utilizar o verniz semi-fosco em aerosol da acrilex.
    o resultado final não me deixou satisfeito, pois, não notei ganho nas cores, como já ví em trabalhos de outras pessoas.
    Por isto, pensei em utilizar verniz líquido. qual seria a melhor alternativa para atingir os resultados esperados.

    muito obrigado pela atenção.

    • Olá Beto.
      O verniz que você tem aplicado em spray tem como base a RESINA ACRÍLICA.
      Outros vernizes líquidos na linha de pintura também são baseados em acrílicos.
      Na minha opinião o caminho é testar as diversas preparações no caminho erro e tentativa pois as formulações podem ter alterações que talvez levem a resultados diversos: Assim na linha nacional VERNIZ CORFIX você tem a goma laca, a temolina e outros vernizes ou proteção a preços razoáveis a serem testados.
      Mesmos os vernizes acrílicos líquidos nacionais devem ser testados pois as formulações podem ter composições mixtas de monômeros diversos.

  6. Boa tarde Jones . Estou começando a pintura em lápis grafite. Gostaria de saber qual o verniz para aplicação na tela, após o final da obra. abç

    • Olá Walter.
      Você está usando o lápis na tela e mais alguma matéria tipo tinta como técnica mixta ou tão somente o lápis?
      Se for esse o caso o certo será usar um fixador, preferencialmente em spray para preservar o reflexo particular do lápis.
      Sim, é possível também usar um verniz de pintura mas o efeito final será diferente. No caso do fixador você pode controlar o efeito final com mais de uma aplicação do spray.

  7. Olá Jones! 🙂
    No restauro duma pintura a óleo tendo verificado que depois de limpa alguma da tinta usada pelo artista se soltava, pergunto se será próprio dar verniz de retoque como sendo um fixador em toda a pintura e depois deste seco preencher as lacunas com tinta e finalmente por último aplicar uma demão de verniz final para selar o conjunto? Ou seja pode-se pintar em cima do verniz e depois de seca a pintura envernizar tudo? Muitíssimo obrigado!!!

    • Olá Hilmer, vamos comentar o assunto como uma intervenção pontual e dentro do assunto contido na pergunta desse Email.
      A perda de matéria detalhada dentro do proposto pode ser remediada dentro do proposto: O verniz indicado nesse caso, será o VERNIZ A RETOUCHER (indicamos o verniz do fabricante francês LEFRANC & BOURGEOISE).
      Aplicado o verniz, aguardar um período de secagem (pelo menos duas semanas) antes de aplicar a correção com a tinta de sua preferência.
      Esperamos ter lhe ajudado.

  8. MAURICIO SANTOS DA SILVA

    Olá Caetano, gostaria que me esclarecesse uma dúvida, por favor. Tenho umas telas em óleo sobre tecido de algodão pintadas a alguns anos e gostaria de revivelas, já que estão tomadas de poeira e opacas pelo tempo, não usei verniz na época que as fiz, tenho vontade de passar a goma laca incolor para proporcionar brilho, tenho medo dos vernizes definitivos pois já usei um que acabou com minha pintura em determinado tempo. as tornou amarelas.. então, devo usar a goma laca incolor??? obrigado e parabéns pelo ótimo trabalho.

    • Prezado Mauricio,

      Tenho razões para indicar o verniz de cera de abelha nos casos de envernizamento.

      Trata-se de um verniz removível a qualquer tempo pois sua formula é composta de cera e terebintina.
      Aplica-se com uma trincha ou “boneca”, tipo tampão. De início, após a limpeza da sua tela, a terebintina evapora e o reflexo será fosco. Aí com
      uma escova ou mesmo trincha você consegue um acetinado e quase brilho.

      Digamos que daqui a cinco anos você decida remover o verniz. Com outra “boneca”, embebida em terebintina a remoção da cera é completa.
      Esse produto, além da finalidade nesse caso, é também um “medium” para pintura a óleo.

      No site http://www.frutodearte.com.br procure é possível adquirir esse produto.

  9. MAURICIO SANTOS DA SILVA

    Agradeço sua orientação e digo que vou segui-la, muito agradecido pelo seu pronto atendimento, assim como sua acertada acessoria, parabéns pelo ótimo trabalho.

    • Nós que agradecemos sua participação e compartilhamento de informações.
      Precisando estamos aqui para tentar orientar da melhor forma possível e não deixe de sugestionar novos artigos.

      Obrigado.

  10. Meu caro, boa tarde.
    Preciso da sugestão de um profissional.
    Apenas pinto a óleo e não pretendo mudar.
    Porém, como recebo muitas encomendas, e quero sempre entregar o mais rápido possível, o meu maior problema está relacionado com o verniz que devo aplicar.
    Como já tive problemas por aplicar vernizes finais cedo demais, tenciono começar a aplicar o verniz de retoque em spray da Talens.

    – o que pretendo é um verniz que me permita poder aplicá-lo o mais cedo possível.

    Neste sentido, qual será exactamente, aquele MÍNIMO TEMPO NECESSÁRIO, de secagem do óleo, para que possa arriscar com segurança um verniz spray de retoque? Há alguma diferença entre as várias marcas de spray de retoque no que diz respeito ao tempo mínimo de espera?

    O problema é a imensa e variadíssima informação que eu ouço.. já ouvi por exemplo, que ainda no processo de pintura, se desejar mudar de imediato de cor (sem ter que esperar que o óleo seque) posso aplicar de imediato em cima da tinta ainda húmida verniz de retoque (spray) deixar secar, e pintar por cima!

    Mas o que pretendo verdadeiramente saber, é qual o verniz de retoque em spray que me permita poder aplicá-lo o mais rápido possível? E o tempo mais exacto que devo esperar?

    O Talens é uma boa escolha?

    Posso aplicar após um mês ou 3 semanas?

    A minha ideia é encontrar o tempo mais exacto para futuramente proceder. Entregar a obra o mais rapidamente possível com apenas verniz de retoque e informar o cliente de que se deve aplicar um verniz final após e entre 6 meses a 1 ano.

    E já agora: o que acontece se após 6 meses ou 1 ano, a obra não levar verniz final? Tem mesmo que levar um final? O verniz de retoque deixa de fazer efeito?

    Muito obrigado por qualquer informação.

    • 1 – VERNIZ DE RETOQUE: Trata-se de um verniz com um mínimo de componente sólido, permitindo a camada de pintura captar ainda oxigênio, facilitando a secagem do óleo. Diferente do verniz final que FECHA a camada e que deve ser aplicado após a secagem do filme de pintura.

      2 – VERNIZ FINAL – como observado acima, a ser aplicado depois de um período extenso com a camada de pintura SECA. Finalidade: proteção em relação ao meio ambiente, igualdade de reflexo lumínico, existe em vários acabamentos: acetinado, brilhante e matte (fosco);

      3- VERNIZES (RETOQUE E FINAL), EM SPRAY: Reputamos como idôneos, de diversas marcas. (Spray como vernizes finais não tem a possibilidade de mesclagem de tipos, como os vernizes em líquido);

      3 – O VERNIZ DE RETOQUE É SEMPRE BRILHANTE;

      4 – Disponível também o VERNIZ DE CERA, é final mas REMOVÍVEL A QUALQUER TEMPO. A principio MATTE mas pode tornar-se por ação mecânica em ACETINADO.

      5 – PENTIMENTOS e verniz de retoque (o termo retoque é relativo): À DISCUTIR.

      6: TEMPOS DE SECAGEM DA CAMADA DE PINTURA: Recomendamos devido as características de secagem observar os diversos aspectos: temperatura, umidade, espessura da camada, etc. etc., a utilização de MEDIUNS DE PINTURA pelas suas comprovadas qualidades reológicas.

      FINALMENTE: EM VERNIZES DE RETOQUES, temos em spray e em líquido, marcas francesas PEBEO e LEFRANC & BOURGEOISE. Consultar o site frutodearte.com.br.

      Se você estiver em São Paulo, seria um prazer recebê-lo na loja Fruto de Arte para mais detalhes onde estou presente todas as Terças e Quintas.

  11. Bom dia, Jones

    como faço para remover o verniz fosco final spray da acrilex de um quadro recém pintado com tinta acrílica?
    Preciso fazer alumas alterações na pintura.
    obrigada

    • Olá Adriana,
      O procedimento de retirar o verniz da pintura é delicado e deve ser feito por profissionais que tenham alguma experiência. É comum encontrar obras que perderam velaturas ou parte de sua camada pictórica durante a remoção do verniz.

  12. Bom dia, Jones,

    Neste caso, posso então dar continuidade nas alterações do quadro mesmo sobre o verniz?
    Pintar sobre o verniz não irá prejudicar a qualidade e durabilidade da tinta acrílica?
    Obrigada pela orientação.

    • Olá Adriana, na verdade o ideal é remover o verniz, porém, conforme informei na questão anterior esse processo é delicado, alguns vernizes são permanentes, isto é, uma vez aplicados, grudam na camada pictórica de modo irreversível. Isso quer dizer que, embora seja possível remover parte desse verniz com substâncias que removam a resina, torna-se impossível não retirar parte da pintura no mesmo procedimento. Por isso aconselhamos você à procurar um especialista em restauração para averiguar o correto procedimento que menos prejudicará a pintura no momento da remoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *