Técnicas Secas para Desenho

As Técnicas Secas

Um meio de desenho, como lápis grafite, carvão, pastel Conté entre outros, cada uma dessas ferramentas cria uma qualidade de linha ou marca diferente.

  • Grafite (lápis), pastel, carvão vegetal comprimido, crayon conte, carvão vegetal natural.
  • Técnicas Secas são aqueles que aplicados com lápis, carvão, pastel, giz e pastel ou com pigmentos misturados com um aglutinante juntos (carvão e pastel).

grafite contéGrafite (Material seco)

(Lápis) + (Grafite / Argila – Dureza) + (escala de cinza) – Uma forma suave e cristalina de carbono descoberto pela primeira vez no século 16, grafite é uma matéria de desenho que ocorre naturalmente.

A grafite sólida só precisa de ser extraído, em seguida, moldada em uma forma conveniente. – Aplicada em uma superfície abrasiva(o papel), ela deixa um rastro de partículas cinza escura que têm um ligeiro brilho.

  • A grafite foi adotada como um meio de desenho logo após a sua descoberta. – Mas a grafite, sólida é rara e preciosa (existe apenas um depósito conhecido).
  • Mais comumente, grafite deve ser extraído a partir de vários minérios e purificada, resultando em um pó.
  • No fim do século 18 uma técnica foi descoberta para a mistura de grafite em pó com argila fina. O resultado permitiu a obtenção de uma barra de desenho cilíndrica.
  • Envolta em madeira, a grafite se tornou a mais comum ferramenta de desenho chamado lápis.
  • A variação da porcentagem de argila no composto de grafite permite aos fabricantes produzir lápis que variam de muito duros (mais argila) para macios (quantidades mínimas de argila).
  • Os lápis mais macios produzem resultados mais densos e escuros.
  • Quanto mais duros os lápis mais claras as marcas e linhas são obtidas.

A outra forma de lápis a ser abordada adiante será a de lápis colorido.

Ponta de metal

ponta de metalPoucos artistas ainda a utilizam mas foi muito utilizada na antiguidade.

  • Pode-se usar qualquer metal macio de preferência prata.
  • Cria desenhos com linhas puras e precisas feitas por um ponta fina.
  • Suporte: normalmente um papel preparado com uma base de gesso ou gouache.
  • É um antepassado do lápis; o mais comum é a ponta de prata;

A superfície deve estar preparada como acima, mas a receita tradicional contempla uma mistura de cinza de ossos, cola , e pigmento branco com água.

  • O desenho praticamente inexistente no momento da execução deixa um rastro fino de partículas de metal que em breve por oxidação irão produzir um cinza claro.
  • Trabalhos de de ponta de metal são caracterizados por uma linha delicada de largura uniforme.

carvão contéCarvão vegetal (matéria seca)

O carvão clássico (fusain) é usado desde a antiguidade. Obtido através da queima de galhos de arbusto.

  • Melhor qualidade de carvão vegetal:
  • Ramos de videira ou salgueiro, lentamente aquecidos numa câmara estanque até que apenas porções carbonizadas remanescem com aspecto preto, frágeis mas de diversas espessuras.
  • Esse carvão natural cria linhas suaves, espalhadas que marcam facilmente o suporte e podem ser apagadas facilmente.
  • Para carvão mais denso, barras mais duráveis, ou de trabalho mais detalhado, o carvão comprimido está disponível. São obtidos na mesma linha de lápis de carvão vegetal feitas ao longo das fabricações do lápis de grafite.

crayon contéCrayon / Conte Crayon (Material seco)

Crayon Conté: o mais conhecido crayon par artistas foi desenvolvido na França, na virada do século 19.

Consiste em pigmento comprimido combinado com argila e uma pequena quantidade de pasta gordurosa. Inicialmente concebido como um substituto para o giz preto e vermelho natural, os Crayons Conté desde então se tornaram disponíveis em uma gama completa de cores.

  • Consiste em barras colorida de composição de cera:
  • Material de desenho em forma de bastão (incluem carvão, giz e pastel, além de implementos de cera);
  • Muitas vezes mais brilhante na cor.
  • Pigmento terra misturada com óleo, goma, ou cera.

pastel seco contéPastel (Material seco)

Gama completa de cores e grau de dureza, o Pastel é considerada um meio entre a pintura e o desenho.

  • Pastel consiste de pigmento ligado com um ligante não gorduroso como uma solução de gomas diversas.
  • O artista prefere pastéis suaves para a maioria dos trabalhos.
  • Pastéis deixam uma linha aveludada de pigmento quase puro.
  • Eles podem ser facilmente misturados, unindo uma cor na outra, apagando os traços individuais e criando suaves tons graduados.

GIZ (Material seco)

Para os geólogos, “Giz” é o nome de um tipo de calcário macio, branco. Na arte, o termo tem sido utilizado de forma menos precisa para citar três suaves materiais finamente texturizadas que podem ser usados ​​para o desenho: “GIZ NEGRO” (composto de carbono e argila).

“GIZ SANGUINEA” (óxido de ferro e argila);

“GIZ” (calcita ou carbonato de cálcio);

Como a grafite, só precisam ser extraídos e, em seguida, adequados em tamanhos convenientes para o uso.

O GIZ natural têm sido amplamente substituída hoje por “Crayon Conté” e outros produtos Conté.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *