Aquarelas Disponíveis no Comércio

aquarelas disponiveis no mercado

Uma amplitude de apresentações de aquarela e uma ampla escolha proporcionam ao artista escolhas diversas:

TINTAS AQUARELA EM TUBOS

aquarela talens em tuboTrata-se de uma evolução na indústria desde a invenção dos tubos. Até então as aquarelas eram disponíveis em pastilhas (tabletes, “pans) .

No caso dos tubos a aquarela é apresentada em uma viscosidade mais cremosa, mas sempre necessitada de água para sua utilização. De fato na fabricação do produto para ser envasado em tubos há uma certa porção de água.

Há uma praticidade de uso para composição de paletas, disposição de varias cores em um mesmo plano de trabalho e facilidade de manejo.

Mesmo assim, cores deixadas nas paletas e não usadas podem ser remanejadas graças a resolubilidade da matéria.

Um punhado de tubos, à mão, praticidade e desempenho. Quando se trata de largas superfícies de papel a aquarela em tubo é uma vantagem.

TINTAS AQUARELA EM PASTILHAS

aquarela pastilha pebeoA apresentação mais clássica da aquarela desde a antiguidade tem muitos seguidores.

Sua fabricação difere da cor em tubos. Uma quantia menor de água é utilizada e a mistura é mais espessa, sendo extrudada e depois cortada para inserção nos seus recipientes. É mais econômica também pois é condicionada em estado quase seco.

Com o pincel molhado obtem-se a cor, com mínimo de perda possível. Depois do uso a superfície da pastilha se recompõe e, seca, permite a guarda para outra sessão.

Outra maneira na fabricação das pastilhas e preencher os depósitos com a aquarela mais líquida e repetir o processo assim que á porção de água evapore; essa operação é repetida mais de uma vez.

Vantagens: um pequeno estojo comporta vária pastilhas. Em viagem, junto a um pequeno bloco de papel, um pincel, um frasquinho de água, estamos equipados. Nunca fechar o estojo com as pastilhas molhadas por longo tempo.

OUTRAS APRESENTAÇÕES DE TINTAS AQUARELA

A indústria de material para o artista está sempre em busca de produtos que acresçam a gama de ferramentas.

É o caso das aquarelas; partindo das referências básicas de uso do material essa evolução sempre cresceu em variedade e disponibilidade.

Uma única condição foi preservada: a utilização da água em qualquer tempo do processo.

Claro que a goma arábica pelo seu desempenho foi substituída em vários casos.

As apresentações mais correntes são descritas:

LÁPIS AQUARELAVEL:

lapis aquarelavel

De diversas marcas, em gamas de cor extensas permitem a execução de forma seca que depois pode ser manejada com o pincel e água, retomando os princípios básicos da técnica. Seu aglutinante não é mais a goma arábica, mas argilas diluíveis em água.

BASTÕES AQUARELÁVEIS:

Preparados com outras gomas que não a goma original. Usa-se como o pastel tradicional e manejável posteriormente com pincel e água.

MARCADORES AQUARELÁVEIS:

marcador aquarelavel

São os mesmos marcadores do mercado porem com pigmentação profissional, resistentes à luz e com a facilidade de trabalharem em úmido.

AQUARELAS EM APRESENTAÇÃO TRADICIONAL MAS COM AGLUTINANTES DIVERSOS

Trata-se de uma substituição da goma arábica por resinas acrílicas hidrossolúveis.
Outras gomas ou resinas podem ser usadas.

2 Comments:

  1. Existe alguma tinta aquarela para tecido ou algo parecido ?

    • Olá Gabriella.
      Quando você diz tinta aquarela para tecido, se refere a tecido de tela de pintura ou tecido em geral como por exemplo roupas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *