A Portabilidade do Trabalho

portabilidade do trabalho

Pouco exige a aquarela em relação a sua prática:

É a cor, um ou mais pinceis e a alma do trabalho como suporte: o papel e sua alma, a água.

De fato um punhado mínimo de tubos ou pastilhas acompanhadas de pincel macio encontram-se com uma folha de qualquer tamanho de papel e, na presença da água é tudo que o artista necessita para exercer seu talento.

Ao ar livre, em um canto de atelier, em qualquer situação a ferramenta é comoda, simples e prática. Os artistas visitantes nas mais remotas regiões registraram o novo mundo usando a aquarela.

Artigos Relacionados

Comentários estão fechados